Menu Principal

BLOG

Conselheiros nacionais da PJ e AJS se reúnem em São Paulo

O encontro foi realizado na residência das FMA da Inspetoria Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo.


Os conselheiros nacionais da Pastoral Juvenil (PJ) e Articulação da Juventude Salesiana (AJS) se reuniram, nos dias 16 a 18 de setembro, para um encontro de formação, no qual foi discutido os próximos projetos voltados à juventude salesiana, tanto da Congregação dos Salesianos de Dom Bosco (SDB), quanto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA).

Da Inspetoria Santo Afonso Maria de Ligório, participaram o referente inspetorial da AJS, Matheus Henrique Nunes, e o delegado inspetorial para Pastoral Juvenil, padre Wagner Luís Galvão.

Durante os dias de encontro, os conselheiros e referentes receberam formações com temas bíblicos e reflexões sobre a missão e presença em meio aos jovens a partir do Documento Final do Sínodo dos Bispos, publicado no ano de 2018: Os jovens, a fé e o discernimento vocacional.

As reuniões tiveram como pauta os próximos passos da Pastoral Juvenil e AJS, como o planejamento dos encontros e atividades para o calendário 2023, abordando também a importância da estruturação dos conselhos regionais e locais nas inspetorias do Brasil.

Também foram discutidos os planos de ação dos movimentos à luz de documentos como o Plano Trienal da Pastoral Juvenil do Brasil (2022-2025), elaborado pela CNBB no Encontro Nacional de Revitalização da Pastoral Juvenil, realizado em junho deste ano, bem como os documentos das congregações salesianas: Princípios Norteadores da Juventude Salesiana e os Capítulos Gerais dos SDB e das FMA.

Nos projetos a serem executados, também falaram sobre o planejamento para a celebração dos 25 anos da Articulação da Juventude Salesiana no Brasil.

Matheus Nunes, referente inspetorial da AJS em Campo Grande, MS, conta que o encontro com os demais conselheiros possibilitou conhecer as diferentes realidades, algo importante para o trabalho que realiza localmente. “Me reunir com os outros conselheiros foi muito bom. Primeiro porque cada um tem sua cultura e sua realidade, isso possibilita uma troca de experiências muito bacana e importante para planejarmos o nosso trabalho”.

Para Matheus outro ponto importante foi o convívio entre o grupo do Conselho Nacional, os momentos de descontração e alegria, próprios da identidade salesiana. “Com essa troca de vozes, pude perceber que a AJS em nossa inspetoria está no caminho certo e isso me deixou muito feliz”, disse.

“Nós somos o sonho de Dom Bosco concretizado hoje, então, nós somos convidados a, desde já, nos prepararmos para celebrar os 25 anos da AJS, reafirmando o que é a AJS, retomando a nossa história e nos alegrando com esta grande obra de Dom Bosco”, declarou Matheus.

Fonte: Gabriela Vilela – Missão Salesiana de Mato Grosso

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Posts Relacionados

Jornada de oração e de jejum

Roma (Itália). A Madre Geral do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora envia uma mensagem para pedir que se unam à solicitação do Papa Francisco para

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.