Missão – Inter/Adgentes

Missão ad/inter gentes

Dinamismo e Ação Missionária FMA – Um início a duas vozes: Dom Bosco e M. Mazzarello
Dom Bosco fundou o Instituto das FMA em 1872, quando no seu coração crescia o ardor de realizar o sonho missionário, que se concretizará com a primeira expedição de 1875, destinada à América Latina.
Madre Mazzarello, contagiada pelo mesmo ardor, escreve a Dom Giovanni Cagliero em 1876: “Chame-nos bem depressa… Oh, que alegria se o Senhor nos desse esta graça de chamar-nos à América! Eu gostaria de já estar lá!”
Uma das representações mais expressivas da primeira comunidade de Mornese, FMA e meninas, é aquela que as mostra reunidas em torno do mapa-múndi. Aquela terra forte e genuína do Monferrato, onde floresceu a santidade de Maria Domingas e das primeiras Irmãs, é marcada desde os inícios por um forte impulso missionário.
A origem do caminho missionário das FMA, graças à sensibilidade educativa adquirida em uma região interessada ao processo industrial, é assinalada por sementes fecundas em vista da educação e instrução das meninas.

Aspectos essenciais da visão da missão ad/inter gentes
A missão ad/inter gentes é comunitária
A nova ação missionária é educativa
A animação missionária está voltada para a missão ad gentes