Menu Principal

BLOG

Construir e conservar a história motivam a realização do 1º Click Formativo

Nos dias 12 e 15 de setembro, aconteceu o 1º Click Formativo da Inspetoria Nossa Senhora Aparecida (BAP), de São Paulo, que reuniu Animadoras de comunidade, Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) em geral e leigos responsáveis pela Comunicação nas diferentes presenças.

 O evento, na modalidade on-line, teve por objetivo refletir e discutir questões relacionadas aos registros fotográficos, realização e arquivamento de fotografias, em vista da construção e conservação da história carismática e educativa das comunidades da BAP.

No dia 12, o evento foi dedicado às Animadoras de comunidade, ou seja, àquelas Irmãs que têm a função de organizar e acompanhar a vida da comunidade FMA. Também outras FMA interessadas no assunto tiveram a oportunidade de participar e refletir sobre a proposta, que foi uma iniciativa sinodal entre o Âmbito da Comunicação e a Secretaria Inspetorial.

Já no dia 15, foi a vez dos responsáveis pela Comunicação nas diferentes obras, em sua maioria, leigos e leigas que diariamente registram a história localmente e têm a grande tarefa de dar continuidade, junto com as FMA, ao carisma de Dom Bosco e Madre Mazzarello.

O encontro, coordenado em conjunto pelas Irmãs Gisele Coelho e Maike Loes, teve início com a “Oração do Fotógrafo”, invocando a proteção de Santa Verônica, padroeira dos fotógrafos. Em seguida, Irmã Gisele compartilhou uma reflexão sobre a importância dos registros fotográficos, destacando algumas curiosidades existentes nos arquivos inspetoriais, relacionadas ao tema. Salientou algumas diferenças entre os registros fotográficos do passado e os do presente, em questão não só de qualidade, mas especialmente pela preocupação que as FMA dos inícios tinham com os registros e a conservação da história.

Na sequência, Irmã Maike apresentou algumas dicas e sugestões quanto à arte de fotografar, reforçando que o encontro não tem por finalidade ensinar a fazer fotos, mas que algumas atenções práticas são necessárias para que se tenha registros de boa qualidade. Indicou a “intencionalidade” como palavra-chave na arte de “escrever com a luz”, ou seja, é preciso ter intenção naquilo que se faz: saber o quê e por quê se quer fotografar.

Na condição de Secretária inspetorial, Irmã Gisele compartilhou com os participantes as orientações para conservação das fotografias, segundo o que o Centro do Instituto das FMA pede, assim como o formato das legendas e a tipologia de fotos a serem conservadas no arquivo fotográfico local, inspetorial e geral.

As Animadoras de comunidade puderam fazer um exercício prático, analisando uma foto proposta pelas coordenadoras do encontro e construindo juntas a legenda. Já com o grupo dos comunicadores, a dinâmica teve um detalhe importante: cada participante escolheu antecipadamente uma fotografia da presença onde atua, fez individualmente a análise da mesma, acompanhando as orientações dadas e construindo a legenda. No encerramento do encontro, Daniela e Paula, representando uma Escola e uma Obra Social respectivamente, apresentaram a foto escolhida e sua legenda para que os demais pudessem apreciar e avaliar o trabalho das colegas. O restante do grupo enviou a atividade realizada para as coordenadoras do encontro que, nos próximos dias, darão um feedback personalizado, aprofundando as orientações e respondendo a possíveis dúvidas e questões dos participantes.

O 2º Click Formativo acontecerá nos dias 17 de outubro para os Comunicadores da BAP e 10 de novembro para as Animadoras de comunidade, com o tema: fotografias e arquivamento digital.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Posts Relacionados

CEMARI promove feira de cidadania

O Centro Social – Educacional Maria Rita Périllier, promoveu a Feira da Cidadania com o Tema: Cidadania, cidadãos de direito. O evento contou com a presença do Prof.

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.