Menu Principal

BLOG

24 de junho: um dia de homenagens ao Reitor-Mor

Uma tradição que se repete há mais de 150 anos. A comunidade Salesiana se reúne, neste dia, para prestar homenagem ao décimo sucessor e continuador de Dom Bosco, Padre Ángel Fernández Artime (SDB). E por quê? Porque a data recorda o onomástico de Dom Bosco.

A origem da festa é curiosa. Na Itália, no ambiente religioso, era e ainda é costume celebrar o dia onomástico, ou seja, o dia do santo considerado padroeiro e protetor especial de cada pessoa. Em 1849, no Oratório de Valdocco, em Turim, dois jovens – Carlos Gastini e Félix Reviglio – tiveram a ideia de homenagear Dom Bosco, no dia 24 de junho. Imaginando que seu Santo padroeiro fosse São João Batista, ofereceram dois corações de prata como símbolo do afeto que nutriam pelo “Pai e Mestre dos Jovens”. No ano seguinte, todos os meninos do Oratório passaram a comemorar esta festa caprichando nas homenagens. Na verdade, o Santo padroeiro de Dom Bosco era São João Evangelista, celebrado no mês de dezembro. Mas o fundador da Congregação Salesiana nunca quis corrigir o equívoco e deixou que a festa fosse comemorada nesta data durante toda a sua vida. O importante para Dom Bosco era que os meninos soubessem demonstrar gratidão!

Ao longo dos anos, o evento em homenagem a Dom Bosco foi ganhando importância e se tornou um patrimônio cultural dos Salesianos. Segundo o Padre Jeferson Junio Moreira (SDB), trata-se de um dia de festividades. “Aproveitamos para fazer uma reunião e um almoço mais elaborado dentro da Comunidade Salesiana para marcar especialmente o dia. Para a nossa Congregação, o Reitor-Mor é Dom Bosco vivo hoje em nossas vidas. Ele é o principal animador de toda a Congregação e é quem leva adiante o legado de Dom Bosco. O Reitor-Mor é escolhido durante o Capítulo Geral por representantes da Comunidade Salesiana do mundo todo. Por isso, o dia 24 de junho é a data que dedicamos para homenagear e agradecer a dedicação dele à missão que Dom Bosco iniciou e que vem sendo desempenhada com maestria até os dias de hoje”, explica.

A Filha de Maria Auxiliadora (FMA), Irmã Lina Mondini, da Comunidade de Rio do Sul (SC), parabeniza o Reitor-Mor pelo seu dia. “Jovens, educadores e Irmãs FMA se alegram com o nosso querido Padre Ángel Fernández Artime – Dom Bosco entre nós – e pede à Auxiliadora que seja a Mãe que o protege com seu manto de sabedoria e ternura”.

Também a Inspetoria Nossa Senhora Aparecida (BAP), de São Paulo, através de suas comunidades educativas, parabeniza o Padre Ángel Fernández Artime e agradece a sua dedicação no serviço de animação da Família Salesiana.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Posts Relacionados

Ecos da Assembleia BAP

«Estimadas Irmã Alaíde, irmãs e leigos, agradecemos a Deus pela realização da primeira assembleia da BAP. Foi um tempo de graças recebidas pela busca intensa,

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.