Menu Principal

BLOG

Chega ao fim o ENAS 2021

O terceiro e último dia do Encontro Nacional da Ação Social Salesiana (ENAS) 2021 foi voltado para o tema da Educomunicação e as ressonâncias do Projeto Educomunicação em Ação Social promovido pela Rede Salesiana Brasil de Ação Social (RSB-Social), em parceria com a RSB-Comunicação e o Centro Salesiano de Formação (CSF).

Todos os 3 dias do ENAS 2021 aconteceram de forma totalmente on-line, em atendimento às orientações de prevenção à COVID-19, pela plataforma Zoom, com transmissão ao vivo no canal oficial da Rede Salesiana Brasil (RSB) no YouTube. Todo o evento foi mediado pelo formador da RSB-Social, Eduardo dos Santos Batista, e coordenado pela Diretora-Executiva da RSB-Social, Ir. Silvia Aparecida da Silva. Durante todo o evento, foram promovidas interações ao vivo com os participantes por meio de formulários de perguntas aos palestrantes, envios de imagens e mensagens pelo Padlet e respostas às colheitas de interação pelo Mentimeter.

Dando início aos trabalhos do dia, a Diretora-Executiva da RSB-Comunicação, Ir. Marcia Koffermann, trouxe um panorama sobre a Educomunicação e o início da implantação do Projeto em algumas obras sociais salesianas do Brasil. “Diante da realidade em que nos vimos no ano passado, decorrente da pandemia da COVID-19, a gente viu como as nossas crianças e adolescentes foram afetados diretamente por todo esse contexto de isolamento social, de aulas à distância ou muitas vezes o cancelamento das aulas que aconteceu em muitas escolas públicas […] Então, assim que a gente viu essa realidade, nós começamos a pensar o que seria possível propor e, a Educomunicação já está na raiz do nosso carisma salesiano, já é algo que a gente vem vivenciando com muito entusiasmo e com muitos bons resultado”.

Seguindo a fala da Ir. Marcia, a Diretora-Executiva da RSB-Social, Ir. Silvia Aparecida da Silva, comenta a experiência de ter presenciado alguns resultados do Projeto de Educomunicação que já está implantado em algumas obras sociais como projeto piloto, na esperança de que seja possível levar a ideia a cada vez mais obras sociais. “Muita coisa já floresceu e é o que nós vamos acompanhar na manhã de hoje. Convido vocês a estarem conosco com aquele gostinho de ‘apropriar-se’, e quem sabe para 2022, 23, 24, a gente possa também expandir a nossa sementinha para outras obras sociais […] Eu tive a oportunidade de acompanhar e de ver os resultados já acontecendo, e principalmente o rostinho das crianças e jovens que estão acompanhando esse processo, então a gente percebe que o futuro é por aí”.

A oração inicial do dia ficou por conta da equipe de animadores da Ação Social: Ir Dircione AmorimPe. Eduardo Moura e Tatiana Diniz. Em seguida, o Coordenador do Projeto Educomunicação em Ação Social, Prof.º Joadir Foresti, juntamente com a Diretora-Executiva da RSB-Escolas e Coordenadora do Centro Salesiano de Formação (CSF), Ana Paula Costa e Silva, apresentaram o tema “Em rede pela transformação dos territórios – Projeto Educomunicação”, trazendo todo o processo de concepção e implantação do projeto de Educomunicação em algumas obras sociais selecionadas da Rede Salesiana Brasil, como projeto piloto para, posteriormente, ser implantado nas demais presenças. Todo o investimento para implantação do Projeto de Educomunicação nessas primeiras obras é oriundo dos recursos captados pelo movimento União Pela Vida (UPV), setor da RSB-Social responsável pela captação de recursos destinados às obras sociais salesianas de todo o Brasil. “Sendo assim, a que esse Projeto se propõe? Propõe técnicas que mitiguem deficiências trazidas ao longo dos anos pela falta de uma abordagem mais abrangente das aprendizagens. A Educomunicação vem aqui dizer que há várias formas da gente aprender, da gente ler o mundo[…], e é esse o compromisso desse Projeto”, diz o Prof.º Joadir.

Em seguida, Ana Paula Costa e Silva traz as partilhas sobre as implantações do Módulo 1 do Projeto Educomunicação em Ação Social que também trouxe um forte processo de formação para os seus integrantes. “A formação constitui um grande aspecto também desse Projeto, tanto que o primeiro semestre de 2021 foi dedicado à formação […]. Sabemos que é um Projeto que traz objetivos bem ousados, sabemos também que o próprio contexto impõe uma série de dificuldades e lacunas de aprendizagens, então a gente percebe também o quanto essa formação precisa estar pautada em aspectos muito claros e um deles, que a gente traz como o coração, é exatamente a autoria. Então, desde o início, se pensou em oficineiros e educadores como autores que tivessem possibilidades de representar seus conhecimentos em diferentes formatos […]. Essa autoria a gente percebe como elemento chave, porque ela que vai ter relação direta com o protagonismo deste grupo de educadores e oficineiros para que eles possam também tornar protagonistas os educandos que é a nossa grande finalidade aqui com o Projeto”.

Trazendo alguns relatos da experiência sobre o processo formativo no Módulo 1, os participantes puderam contar com as contribuições do Rivaldo Dionizio Candido, da Inspetoria São Pio X, e com o William da Silva Vieira, do Centro Salesiano Desenvolvimento Social e Profissional da Inspetoria Nossa Senhora Auxiliadora. 

Após o intervalo, Ana Paula introduziu um momento de apresentação de alguns vídeos mostrando o impacto do Projeto de Educomunicação nas obras sociais salesianas do Brasil. “Conhecemos então um pedacinho do que vem sendo realizado […] e um ponto que nos chama a atenção também é do próprio desenvolvimento de competências socioemocionais que nunca foram tão importantes quanto neste momento”, diz Ana Paula após a apresentação das partilhas.

Em seguida, o Analista de Educação Empreendedora no Sebrae Nacional, Prof.º Israel Alves Jorge de Souza, trouxe um momento voltado para o tema “A força dos 4Ps e da Espiral da Aprendizagem Criativa”. Em uma apresentação muito lúdica e demonstrativa, Prof.º Israel trouxe uma provocação a todos e todas sobre os desafios e as necessidades da educação hoje. “O que a gente tem que buscar por traz dessas dinâmicas todas é na verdade o que é precioso para cada estudante, o que é precioso para cada aluno, ou seja, a paixão que move cada indivíduo, cada criança. E muitas vezes, principalmente em regiões com carência sócio econômica, a gente tem dificuldades de engajamento, de interesse dos alunos […] e o que realmente pode mover tudo isso é a paixão”, diz o Prof.º Israel.

Dando sequência ao evento, houve mais uma partilha de experiências sobre as práticas com os educandos nas obras sociais. Desta vez, o momento foi encabeçado por Índia Marcia Caravalho Barroso e Carmen Lúcia do Couto, ambas do Instituto Medianeira Casa da Criança, da Inspetoria Nossa Senhora Aparecida; seguidas da Débora Motta Cornélio Zardo, represntando o Projeto Vill”Agindo para Ser Feliz, da Inspetoria Madre Mazzarello, a qual também trouxe os educandos Emanuel Barcelos e Caroline de Sá, além da coordenadora da Obra.

A última apresentação do dia ficou por conta do Prof.º Joadir e da Ir. Silvia, os quais trouxeram um pouco sobre o compromisso com a efetividade e a ampliação do Projeto Educomunicação em Ação Social, apresentando, em números, o alcance do Projeto Educomunicação em Ação Social.

A oração final ficou por conta da mesma equipe inspetorial que abriu o evento. “A Rede é construída por pequenos ‘nós’ e quando a gente soma forças um com o outro, a Rede não se rompe e essa é o grande sonho nosso aqui no Brasil”, conclui Ir. Silvia, fechando o ENAS 2021.

Confira os detalhes do primeiro dia do ENAS clicando aqui.

Confira os detalhes do segundo dia do ENAS clicando aqui.

Confira a mensagem da Diretora-Executiva da RSB-Social, Ir. Silvia Aparecida da Silva, clicando aqui.

Fonte: RSB-Comunicação

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Posts Relacionados

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.