Menu Principal

BLOG

Irmã Nilza Fátima de Moraes, Conselheira para a Formação

Irmã Nilza Fátima de Moraes, da Província Brasileira Nossa Senhora Aparecida (BAP), é Conselheira para a Formação do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora.

Irmã Nilza Fátima de Moraes nasceu dia 25 novembro 1965 na cidade de Natividade da Serra – São Paulo, uma região do Vale do Paraíba (Brasil).

No início da adolescência, em 1979 , foi estudar em Lorena, junto com sua irmã Marilza, na chamada Home School, com as Irmãs Salesianas, que residiam e trabalhavam no asilo San Giuseppe das FMA Lá ela recebe o cuidado humano e espiritual das religiosas, participa diariamente da Celebração Eucarística, dos ensaios de canto, duas vezes por semana, das atividades domésticas e aos domingos no Oratório San Luigi , espaço onde as crianças brincavam, praticavam esportes, tinham um lanche e participaram da catequese promovida pelas FMA e pelos Salesianos de Dom Bosco.

Entre 1979 e 1981 , uma vez por mês, participou de encontros vocacionais no Colégio Nossa Senhora do Carmo , em Guaratinguetá, onde em 1982 viveu o tempo de discernimento vocacional.

Em 1981 iniciou a sua formação como aspirante no Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora de São Paulo.

Em 1985 iniciou a etapa do Noviciado e em 24 de janeiro de 1987 fez a Profissão Religiosa e foi enviada para a Comunidade de Santa Inês em São Paulo.

No juvenato, de 1987 a 1993 , ano em que emitiu os votos perpétuos, viveu em três comunidades, frequentou o curso de pedagogia e exerceu várias funções na escola, no oratório e na pastoral juvenil estudantil.

Em 1994 foi morar na Casa de Formação – Aspirantes / Postulantes no bairro de Perdizes em São Paulo como membro da Equipe de Formação e trabalhou no Instituto Nossa Senhora Auxiliadora em Belenzinho.

A partir de 1998, ainda a residir no Aspirantado, trabalhou no Collegio Santa Inês até ao primeiro semestre de 2000. No segundo semestre foi a Roma para fazer o Curso de Catequese na Faculdade de Educação “Auxilium” e aí permaneceu por um período de três anos e meio.

No Natal de 2004 voltou ao Brasil e trabalhou em várias comunidades como professora de Ensino Religioso, Coordenadora de Pastoral Juvenil, Diretora de Comunidade e Escola, Formadora de Aspirantes e Postulantes. Ele ensina liturgia e catequese.

De 2008 a 2013 foi Conselheira Provincial , de 2014 a 2020 foi Vigária Provincial e em 2021 foi nomeada Provincial da Província Brasileira de Nossa Senhora Aparecida (BAP).

No dia 7 de outubro de 2021, em memória da Bem-aventurada Virgem Maria do Rosário, durante o XXIV Capítulo geral , foi eleita Conselheira para a Formação.

Fonte: Portal das FMA

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Posts Relacionados

Casa Betânia realiza visita na UNESP

Jovens da Casa Betânia passaram à tarde visitando as instalações da Universidade Estadual Paulista, UNESP, nesta segunda-feira, 21. O motivo da visita faz parte do

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.