Menu Principal

BLOG

FMA realizam seus Exercícios Espirituais anuais em Mairiporã

Um grupo de Irmãs e jovens em formação, da Inspetoria “Nossa Senhora Aparecida” (BAP) teve a feliz oportunidade de participar da semana dos Exercícios Espirituais, de 7 a 13 de janeiro, no Centro de Espiritualidade Flos Carmeli, de Mairiporã (SP).

O Centro é coordenado pelas Irmãs Carmelitas Missionárias de Santa Teresa do Menino Jesus, e oferece um ambiente propício para a oração, a reflexão, o silêncio e o encontro: consigo e com o Transcendente.

As participantes, num total de 36 pessoas, eram jovens em formação – postulantes e noviças, jovens Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) de votos temporâneos e FMA de votos perpétuos.

Os Exercícios Espirituais foram orientados por Frei Guilherme Pereira Anselmo Junior, da Congregação Missionária de Santo Inácio de Antioquia e acompanhados por Irmã Alaíde Deretti, Inspetora da BAP.

A semana de reflexão e silêncio orante teve como tema central o texto bíblico das Bodas de Caná – “Façam tudo o que Ele disser” (Jo 2,5), que se desdobrou em subtemas específicos: “Façam” – sinodalidade; “Ele” – centralidade em Jesus; “Tudo” – Formação – projeto comum; “Disser” – Missão – saída.

Toda a proposta de oração ofereceu às participantes a oportunidade de “debruçar-se sobre a Palavra de Deus, abraçando-a e deixando-se abraçar por ela”, bem como revisitar as prioridades do XXIV Capítulo Geral das FMA, que se alicerçam justamente no texto das Bodas de Caná.

Foram de grande valor para a oração-reflexão as ferramentas propostas pelo orientador ao longo das conferências, a saber: Memória:  lembrar, ressignificar…; Escuta: Schemá… Inclinar-se e deixar-se abraçar pela Palavra; Abraço: experiência da presença de Deus. Sentir-se abraçada por Ele; Saída: sempre nos movimentarmos para fora… “Igreja em saída”.

Momento de grande significado foi a Celebração da Renovação dos Votos, na qual as FMA Junioristas deram novamente o seu “Sim” ao seguimento de Jesus.

Irmã Aline de Oliveira Leite e Irmã Liv Peralta Silva renovaram o compromisso com a Vida Consagrada salesiana por sete meses, pois estão em fase de preparação imediata para os votos perpétuos que serão assumidos por elas no próximo mês de agosto. Já Irmã Celene Couto Rodrigues e Irmã Eudenice da Luz Maia renovaram o empenho como FMA por dois anos, enquanto Irmã Luana K. da Silva Oliveira renovou o “Sim” por um ano.

O encerramento dos Exercícios Espirituais se deu no dia 13 de janeiro, primeira comemoração mensal do novo ano, de Santa Maria Domingas Mazzarello, cofundadora do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora. E para coroar a semana intensa de encontro com a Palavra de Deus, aconteceu também a celebração de entrada no Noviciado – interinspetorial –, de duas jovens: Vitória e Larice, sendo que Fabiane e Thalita foram promovidas para o segundo ano.

Na mesma celebração aconteceu a passagem de serviço da Mestra de Noviças. Irmã Rosângela Maria Clemente, depois de nove anos à frente da formação das Noviças, entregou esta missão à Irmã Solange Sanches, nomeada pela Madre Geral e seu Conselho para o serviço de Mestra e Diretora do Noviciado “Nossa Senhora das Graças”.

Na opinião de uma das participantes, “vivenciar a semana de retiro foi um grande presente de Deus, pois tive a graça de rezar a vida”. “Uma das colocações que mais me marcou ao longo da semana foi quando refletimos sobre o rosto de Jesus, que acolhe e ama, Jesus humano e divino que acolhe a mulher pecadora, os pequeninos…”, disse a juniorista Irmã Eudenice.

Já Irmã Denize declarou que “participar do retiro anual, foi uma bênção. Foram dias para fazer memória, escutar a voz de Deus, sentir o abraço de Deus e assim, fortalecida, estar em saída”. Segundo ela, “foi tempo de renovar a alegria de ser salesiana e se colocar à disposição de Deus”.

Para Irmã Adair, “o Retiro foi um tempo de graça, de misericórdia e da presença de Deus. O pregador, Frei Guilherme, foi muito feliz e abençoado em todas as suas colocações, criando metodologias e ferramentas que ajudaram a colocar-me em atitude de meditação, desejo de conversão, oração e agradecimento”. Além disso, Irmã Adair ressaltou o valor da fraternidade e das partilhas feitas pela Irmã Alaíde: “foram muito oportunas para nos conduzir no crescimento da fé e no sentido de pertença ao Instituto. A convivência com as Irmãs e Formandas foi de uma linda fraternidade. Gratidão infinita!”.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Posts Relacionados

Dia Mundial de Ação de Graças 2022

A Vigária Geral do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, Irmã María del Rosario García Ribas , chegou com uma carta às Inspetoras e Superioras da Visitadoria

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.