Menu Principal

BLOG

Dom Valdir Castro é o novo presidente da Comissão Episcopal para a Comunicação da CNBB

A última comissão da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), tradicionalmente, é a Comissão Episcopal para a Comunicação. Para o quadriênio 2023-2027, o escolhido pela Assembleia é o bispo de Campo Limpo (SP), dom Valdir José de Castro. A eleição ocorreu nesta quinta-feira, 27 de abril.

Dom Valdir já possui uma longa relação com a comunicação. Primeiramente, por ser religioso da Congregação dos Padres e Irmãos Paulinos, cujo carisma inspirado ao beato Tiago Alberione, é a comunicação. Também a sua área de especialização é comunicação, com doutorado na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. 

Seguindo o protocolo eleitoral, após a confirmação do resultado, aquele que recebe o maior voto dos bispos é perguntando pelo presidente se está disposto a assumir a missão confiada pela Assembleia. Dom Valdir respondeu ao atual presidente e arcebispo de Belo Horizonte (MG), Dom Walmor Oliveira de Azevedo:

“Agradeço a confiança dos votantes e aceito como serviço à Conferência e também por amor ao carisma da Comunicação”, disse.

“Me sinto ligado a vocês”

Uma das primeiras saudações do presidente eleito foi aos agentes da Pastoral da Comunicação, por meio de um vídeo publicado das redes da Pascom Brasil. Dom Valdir ressaltou que assume o encargo como um serviço e como amor ao carisma paulino.

“Me sinto muito ligado a vocês nesta pastoral que é fundamental na igreja. Como a gente vê no Diretório de Comunicação, a comunicação é transversal em todas as pastorais. Como a comunicação é importante na unidade e a trabalhar na diversidade”, afirmou.

O novo presidente também se colocou disposto a fazer um caminho junto com os pasconeiros e que quer aprender como está organizada a Psatoral da Comunicação no Brasil.

Confira a íntegra da mensagem de Dom Valdir.

Biografia

Dom Valdir José de Castro nasceu em 14 de fevereiro de 1961 em Santa Bárbara d’Oeste, diocese de Piracicaba (SP). Estudou Filosofia na Universidade de Caxias do Sul (RS), de 1981 a 1983, e Teologia no Instituto Teológico de São Paulo, de 1984 a 1987. 

Obteve a Licenciatura em Espiritualidade na Pontifícia Universidade Gregoriana em Roma (1992-1994) e frequentou o curso de Jornalismo na Universidade de Caxias do Sul (RS), de 1996 a 2000. Em seguida, especializou-se em Comunicação na Faculdade Cásper Líbero em São Paulo (2001-2004) e fez doutorado na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2012-2016). 

Ele fez sua profissão religiosa em 11 de fevereiro de 1981 na Sociedade de São Paulo e foi ordenado sacerdote em 12 de dezembro de 1987. Após sua ordenação sacerdotal, ocupou os seguintes cargos: formador de aspirantes (1987-1990), mestre dos novatos (1997-2000), conselheiro provincial da província do Brasil (1996-2004), vigário provincial (2000-2004), formador de juniores (2006-2007), diretor geral de Apostolado (2001-2006), provincial da província Argentina-Chile-Peru (2006-2010), diretor da Faculdade de Comunicação (FAPCOM) (2012-2015), provincial do Brasil (2012-2015) e superior geral da Pia Sociedade de São Paulo (2015-2022) tornando-se o sétimo sucessor do fundador Beato Tiago Alberione e o primeiro não italiano a assumir o cargo. 

Em setembro de 2022, dom Valdir foi nomeado pelo Papa Francisco como bispo de Campo Limpo (SP). Em 29 de setembro do mesmo, o Papa Francisco o nomeou também como novo membro do Dicastério para a Comunicação.

Fonte: Pascom Brasil

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Posts Relacionados

85 anos da canonização de Dom Bosco

Em 1° de abril de 1934, o Papa Pio XI proclamou santo o sacerdote turinês João Bosco (1815-1888). Todo o processo de beatificação e canonização de São João Bosco

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.