Menu Principal

BLOG

Conselheira Geral chega ao sul do Brasil e visita comunidade religiosa na capital gaúcha

No dia 22 de março, Irmã Paola Battagliola, Conselheira Geral do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) foi acolhida carinhosamente pela Comunidade Santa Teresa, de Porto Alegre, na Casa “Salesianas Eventos e Hospedagem”, que pertence à Inspetoria Nossa Senhora Aparecida (BAP), com sede em São Paulo capital.

No momento da chegada, as FMA presentes no local, a acolheram declamando um poema escrito por Irmã Eudenice Maia e encenado por duas personagens: Maria e a prima Isabel, interpretadas pelas Irmãs Silvia da Silva e Theotônia Thiesen. Entre as estrofes do poema, foi cantado o refrão: “Visita, Senhora, teu povo, que a ti continua fiel. Repete este gesto de novo que encheu de alegria Isabel”. O ícone que acompanhou Irmã Paola na visita à comunidade foi o da Visitação, Maria e Isabel (cf. Lc 1, 39-56), duas mulheres que souberam se acolher na reciprocidade, partilhando a vida e a missão.

A visita da Conselheira Geral foi permeada por momentos especiais. A Missa de acolhida foi presidida pelo P. João Almendra, da Arquidiocese de Porto Alegre, que juntamente com algumas Irmãs Scalabrinianas que também participaram da Celebração, desenvolve um trabalho no Centro de Naturopatia, ALUZA (Associação Luz da Aurora), cuidando da vida das pessoas que precisam de saúde e bem-estar.

No sábado, dia 23 de março, Irmã Paola conduziu um momento de Leitura Orante com a comunidade, refletindo sobre o texto de João (2,1-11) que apresenta Maria nas Bodas de Caná, ressaltando seu papel como Mãe que zela pela humanidade. O encontro proporcionou uma rica troca de experiências e crescimento espiritual, destacando a importância do cuidado e a necessidade das FMA serem ânforas vazias, prontas para serem preenchidas pelo amor divino.

No Domingo de Ramos, dia 24 de março, a Celebração Eucarística com a bênção dos ramos foi presidida pelo P. Ademir Ricardo Cwendrych, Inspetor da Inspetoria Salesiana S. Pio X, e concelebrada pelo também Salesiano P. Leandro Brum, Secretário inspetorial. Marcou presença também o Irmão Salesiano Aroldo Martins. A manhã foi concluída com um fraterno convívio e partilha do almoço, no qual a tônica forte foi a proximidade e o espírito de família.

Na tarde do domingo, a comunidade religiosa e Irmã Paola foram para o “Sítio Mornese”, localizado em Gravataí, distante uns 40 minutos de Porto Alegre. Ali, a Conselheira pode experimentar um espaço de natureza exuberante e desfrutar de um momento de descanso, convivência alegre e descontraída.

Este espaço foi também escolhido para o encontro comunitário, no qual Irmã Paula presenteou as Irmãs com um tempo de reflexão e partilha sobre o tema “A riqueza do carisma nos Atos do XXIV Capítulo Geral”, destacando a importância de comunidades, como as de Caná e Mornese, que inspiram a ser presença que gera, promove e cuida da vida.

No último dia, Irmã Paola encontrou-se com os Colaboradores que atuam na Casa “Salesianas Eventos e Hospedagem”. Com palavras de sabedoria e perspicácia, valorizou o dom que cada pessoa é para o crescimento e o florescimento do carisma. O mesmo é um dom que se desenvolve na partilha da missão entre FMA e leigos. Momento privilegiado de conhecimento recíproco, o encontro ofereceu um espaço de confraternização com todos os Colaboradores.

No final da tarde, Irmã Paola concluiu sua passagem por Porto Alegre apresentando à comunidade religiosa o relatório da visita, com suas percepções e motivação para que todas continuem caminhando “juntas”. Um vídeo oferecendo a bênção da Madre Geral e seu Conselho fez todas se sentirem família e fortaleceu ainda mais o sentido de pertença ao Instituto FMA.

A visita foi concluída com o jantar e um momento de gratidão, no qual cada Irmã escreveu uma frase compondo assim o Magnificat pela presença de Irmã Paola e por ser sinal da bondade de Deus. Cada Irmã ungiu Irmã Paola com óleo perfumado, desejando que ela continue sendo o perfume bom, espalhando confiança, simplicidade, sendo sempre irmã entre as irmãs.

A seguir, o poema intitulado “Encontro”, de autoria de Irmã Eudenice Maia, declamado na chegada de Irmã Paola a Porto Alegre.

Encontro

Com o coração vibrante, Maria vai ao encontro de Isabel, duas mulheres que trazem em si o sabor do céu.

Duas mulheres que acreditam no mistério da fé, escutam e acolhem o segredo do coração de Deus. Mulheres que vencem o medo e vivem a coragem da entrega, da doação.

Maria, tu és bendita e enches meu coração de luz. Teu sorriso transmite a pureza e bondade de Deus, traz em teu seio o nosso grande amor, o menino Deus salvador.

Isabel, estou feliz por estar aqui. Tua vida me inspira a acreditar e ver com meus próprios olhos o jeito de Deus amar. Mesmo na velhice, a vida concebeu. Seu filho é o precursor do Filho de Deus.

Quão doce é a alegria desse encontro! Somos mulheres que descobrimos o encanto, a beleza de um Sim. Deixamos Deus agir em nossa vida, somos portadoras do sonho de Deus para a humanidade.

Maria e Isabel vivem a dádiva de um encontro, onde o amor de Deus está enraizado, e na alegria de um abraço o Sim é concretizado, e uma nova vida pode enfim acontecer.

Querida Irmã Paola, Maria e Isabel vivenciaram a alegria de um encontro que gerou vida. Vivenciaram a alegria da acolhida, do amor e da entrega.

Assim como essas duas mulheres, nosso coração está transbordante de alegria ao te receber. E como Maria e Isabel, estamos com o coração agradecidas por estares conosco e seres sinal do amor de Deus.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Posts Relacionados

Nova configuração do VIDES no Brasil

VIDES é uma Associação de voluntariado Internacional promovida pelo Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, com Estatuto Consultivo das Nações Unidas (ONU). Inspira-se no Projeto

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.