Menu Principal

BLOG

Tempo da Criação 2022

De 1 de setembro, Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, a 4 de outubro de 2022, festa de São Francisco de Assis, celebra-se o Tempo da Criação, “um momento especial a todos os cristãos para rezar e cuidar juntos da nossa casa comum. (Papa Francisco, Mensagem para a Celebração do Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação 2022).

Na Mensagem, o Papa Francisco relembra as origens desta iniciativa ecumênica, inspirada no Patriarcado Ecumênico de Constantinopla e oficializada em 2015 – e a oportunidade de “cultivar a nossa ‘conversão ecológica’, uma conversão encorajada por São João Paulo II como resposta à ‘catástrofe ecológica’ prenunciada por São Paulo VI já em 1970”.

Paulo VI, de fato, em 16 de novembro de 1970 num discurso à Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), dizia: “Já vemos viciar-se o ar que respiramos, poluir-se a água que bebemos, contaminar-se as praias, lagos, até os oceanos, a ponto de fazer temer uma verdadeira ‘morte biológica’ num futuro não distante, se não forem corajosamente decididas e severamente aplicadas, sem retardos, enérgicas medidas”.

“Escuta a Voz da Criação” é o tema do Tempo da Criação 2022, em que a oração e a ação comum podem ajudar a escutar as vozes de indivíduos, comunidades, espécies e ecossistemas perdidos ou ameaçados pela perda de habitat e por mudanças climáticas. A oração concentra-se sobre o grito da Terra e sobre o grito dos pobres.

Através de celebrações, momentos de oração públicos, ações simbólicas e iniciativas, as comunidades de oração podem, assim, amplificar as vozes dos jovens, indígenas e comunidades afetadas que não são escutadas na sociedade. A escuta da voz da criação oferece aos membros da família humana um ponto comum para o diálogo e a prática inter-religiosa e interdisciplinar. Escutando a voz da criação, os cristãos e todos os seres humanos estão unidos na vocação de cuidar da casa comum (oikos).

A sarça ardente é o símbolo tirado da passagem bíblica do Êxodo “Ouvi o seu grito… conosco os seus sofrimentos… Portanto, vá! Eu te envio… estarei contigo” (Ex 3, 1-12). Recorda visualmente os incêndios causados ​​por efeitos devastadores da mudança climática, em grande parte atribuíveis à ganância humana e ao uso impróprio da terra, que conduzem à desertificação e desintegração dos ecossistemas, à destruição dos habitats e das espécies, à perda de meios de subsistência.

Ao contrário, o fogo que chamou Moisés enquanto pastoreava o rebanho no monte Horebe não consumiu nem destruiu a sarça, mas revelou a presença de Deus. Indica que Deus escuta o grito de todos os que sofreram e promete estar com eles. No Tempo da Criação, este símbolo do Espírito de Deus chama cada um/a a escutar a voz da criação e a responder através da adoração, do arrependimento e da ação.

A este propósito, o Papa Francisco destaca a dimensão comunitária da conversão ecológica: “Como pessoas de fé, sentimo-nos ainda mais responsáveis ​​por agir, nos comportamentos cotidianos, em consonância com tal exigência de conversão. Mas ela não é apenas individual: a conversão ecológica que se requer para criar um dinamismo de mudança duradoura é também uma conversão comunitária”.

Para todas as Comunidades Educativas do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, o Tempo da Criação é um tempo propício para começar a atuar processos que levem a assumir gradualmente, conforme indicado na Programação do Sexênio 2022-2027, a Deliberação do Capítulo Geral XXIV:

A Assembleia capitular deixou-se interpelar pelo grito dos jovens, dos pobres e da terra, e decidiu envolver todo o Instituto num caminho concreto e contínuo de conversão à ecologia integral, assumindo, em rede, os sete objetivos da “Laudato si’”, no espírito do Sistema Preventivo.

Para se preparar ao Tempo da Criação, além da Mensagem do Papa Francisco,o Comitê Consultivo do Tempo da Criação disponibiliza o Guia para a celebração de 2022 disponível em diversas línguas:

 ItalianoInglêsEspanholPortuguêsFrancêsÁrabe.

No site https://seasonofcreation.org/ também será possível aprofundar os temas, consultar outros recursos e conhecer todos os eventos do Tempo da Criação 2022.

No dia 1º de setembro de 2021, às 15:00 (hora da Itália), haverá o Evento de Abertura do Tempo da Criação, com a participação de Irmã Alessandra Smerilli, FMA, Secretária do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral.

Fonte: Portal das FMA

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Posts Relacionados

1º Festival de Bandas do ISJ

O Festival de Bandas foi um projeto promovido pelo Conselho Local da Articulação da Juventude Salesiana (AJS). Surgiu com o objetivo de proporcionar um evento

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.