Menu Principal

BLOG

Instituto de Ação Social João Paulo II promove II Campeonato pela paz

Aconteceu no dia 7 de julho, no Instituto de Ação Social João Paulo II, de Guarapuava (PR) o II Campeonato de Futebol pela Paz. Participaram do campeonato todos os educandos do projeto “Gol de Letra: driblando a violência, goleando a paz”. Foram divididos em times através de sorteio. As regras do campeonato foram feitas pelo instrutor de futebol Juliano R., pela coordenadora de projetos Jeniffer C. e pelos próprios atletas.

Todos os participantes foram premiados com medalhas de participação. Teve até troféu em equipe para o 1º, 2º e 3º lugar. Além disso, teve troféu para o goleiro menos vazado, para o artilheiro e para o craque da galera.

A votação para eleger o craque foi democrática, só era possível votar uma vez. Para ganhar votos, o atleta não poderia ter sido penalizado por cartão durante o jogo e não ter se envolvido em discussões.

O craque da galera foi o exemplo de atleta com postura, responsabilidade e talento. Nesta categoria, foi eleito o Isaque P., um menino realmente muito bom de bola. Porém, na comemoração os amigos dele exageram, foram ofensivos. Como o campeonato foi feito para a paz, os organizadores entenderam que a atitude da torcida não poderia premiar uma atitude dessas. Decidiram então, entregar o troféu para o segundo atleta mais votado, a Joyce F., uma menina que se destacou muito pelo seu esforço em campo. Todos aplaudiram!

Entre muitos ensinamentos que o evento proporcionou aos participantes, um deles é que é possível e é um dever fazer a diferença na vida de quem está no Instituto de Ação Social João Paulo II, e assim foi. Os organizadores improvisaram um troféu para o Isaque porque julgou-se necessário dar uma segunda chance ao atleta. Além disso, não é justo uma pessoa ser penalizada pelas atitudes dos outros, e todo e qualquer esforço deve ser valorizado. A segunda premiação foi uma festa ainda maior do que a primeira. Na opinião dos organizadores, o campeonato teve duração de apenas uma manhã, mas os seus ensinamentos serão eternos. “Temos certeza de que como no Oratório festivo de Dom Bosco, aqui estamos proporcionando aos adolescentes o carisma e o amor salesiano”.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Posts Relacionados

Educar é acompanhar

A abordagem dos jovens, no contexto contemporâneo, revela a sua necessidade de apoiar-se em pessoas que lhes deem segurança para continuarem avançando no caminho de

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.