Menu Principal

BLOG

Encenação da Via-Sacra envolve comunidade educativa do Colégio Auxiliadora

Os pátios e corredores do Colégio Auxiliadora, de Ribeirão Preto (São Paulo), foram palcos, na manhã do dia 13 de abril, de uma das uma das mais importantes e representativas celebrações do cristianismo: a Via-Sacra. A encenação deste ano envolveu toda a Comunidade Educativo-Pastoral, que representou o povo durante a caminhada de Jesus até o Monte Calvário, onde foi crucificado.

Aos gritos de “crucifica” e “venham todos”, os atores principais da peça passaram pelos corredores e salas de aula convidando os demais alunos e colaboradores para a procissão. No Pátio das Árvores, a multidão encontrou Jesus – que saiu de dentro da capela do colégio carregando sua cruz. Na primeira estação do trajeto, estava Maria à espera de seu filho. Com lágrimas nos olhos, Ela colocou as mãos sobre o rosto e o coração de Cristo e, em seguida, ajoelhou-se aos seus pés.

A continuação da caminhada levou todos a presenciarem o momento em que Jesus caiu pela primeira vez, tornando ainda mais visível o peso de sua dor e humilhação. Ele então é levantado por Simão de Cirene, que o ajuda a carregar a cruz. A próxima parada contou a passagem do encontro com Verônica, que, com um pano, limpou a face de Jesus, cheia de sangue e suor. Quando ela retirou o véu e mostrou-o ao povo, o rosto de Cristo estava estampado no tecido.

Por fim, todos acompanharam os últimos passos de Jesus Cristo, que culminaram com a sua morte na cruz. Aos seus pés, desconsolados, estavam Maria, Maria de Cléofas, Maria Madalena e alguns fiéis. O público assistiu ao momento da crucificação em silêncio, a fim de refletir sobre os sentimentos de gratidão e amor para com o Senhor. Para finalizar, o comentarista da peça falou sobre o sepultamento e a ressurreição de Cristo, no Domingo de Páscoa, e apenas os atores principais seguiram seu caminho.

Experiências motivadoras

O elenco da Via-Sacra foi composto pelos alunos Pedro M. (3º ano), Alice S. (5º ano), Ana Clara A., Miguel W., Pedro S., Victória A. (7º ano), Lauren B., Ana Laura S. e Igor N. (9º ano) e pelo professor de Filosofia Gustavo B. A direção ficou a cargo do professor de Teatro José Maurício, com a coparticipação da coordenadora de Pastoral, Irmã Huimin Chen.

Segundo Igor N., que interpretou Jesus, a experiência foi enriquecedora e bastante significativa. “Fazer esse papel foi muito especial para mim. Fiquei sensibilizado, pois pude perceber o quanto Ele sofreu por nós. Se naqueles poucos minutos de peça eu transpirei muito e meus braços doeram por carregar a cruz, imaginem o sofrimento real de Jesus Cristo”, disse o aluno.

Para o professor Gustavo B., que participa das atividades de teatro do Colégio Auxiliadora desde 1994, a atuação na Via-Sacra deste ano foi ainda mais especial. Pela primeira vez, ele contracenou com o filho, Pedro, de 8 anos. “Estive com ele pelo ‘palco’ que tantas vezes transitei outrora, como aluno, mas que, para ele, essa experiência ainda é para o futuro, e que, extasiado, quis saber quando atuaria novamente”, comenta o educador.

Fonte: Comunicação Colégio Auxiliadora

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Posts Relacionados

Voluntariado no Recanto da Cruz Grande

Depoimento do Voluntário Gabriel: Sou Gabriel da Gama Roque, tenho 27 anos, trabalho como Analista de Sistemas num laboratório de realidade virtual na Universidade de

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.