Menu Principal

BLOG

CG XXIV – O Instituto FMA no Mundo

O Capítulo Geral é um momento forte para compartilhar a identidade e a missão carismática do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora. O que se celebra em 2021 é o 24º Capítulo Geral da história do Instituto FMA e a Madre Geral é a 9ª Sucessora de Madre Mazzarello.

As participantes do Capítulo são testemunhas do caminho carismático das 11.535 FMA que, à maneira do Sistema Preventivo de Dom Bosco, se comprometem com a missão educativa, comunicativa e evangelizadora em todo o mundo.

Em 31 de dezembro de 2020, as FMA estavam presentes em 97 nações distribuídas da seguinte forma nos continentes: nas 26 nações da África são 628, nas 23 nações da América são 3.366, nas 22 nações da Ásia são 2.886 , nas 22 nações da Europa são 4.597, nas 4 nações da Oceania são 58.

As FMA no mundo expressam a vitalidade e a expansão do carisma salesiano.

Uma memória que se torna história

O Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora é uma Família religiosa nascida do coração de  São João Bosco  e da fidelidade criativa de  Santa Maria Domingas Mazzarello .

As  Filhas de Maria Auxiliadora , consagradas a Deus para servir a Jesus Cristo em comunidade, dedicam a sua vida à educação humana, cristã e salesiana dos jovens. Dom Bosco escolheu para elas  Maria, a Auxiliadora , que soube encarnar e viver a pedagogia do  cuidar , que concretiza a paixão educativa pelos jovens e os torna  mulheres geradoras de vida no seio da contemporaneidade.

No  dia 5 de agosto de 1872 , Madre Mazzarello com o primeiro grupo de onze jovens pronunciam o seu “sim”, como Maria, para serem  ajudantes  com e entre os jovens.

Em 1877 as FMA chegaram ao  Uruguai  e depois à Argentina . Desde então, o Instituto se difundiu cada vez mais na  Itália, Europa  e  América .

Em  1879 a Casa Mãe foi transferida para Nizza Monferrato  (Asti), onde o Instituto abriu a primeira Escola Normal para a formação de professores e conheceu um forte entusiasmo missionário e um promissor aumento vocacional.

Desde  1891  as FMA estão presentes  na Ásia , desde  1893 na África  e desde  1954 na Austrália .

A missão é realizada em uma pluralidade de ambientes educacionais abertos ao multiculturalismo e à inter-religiosidade, com atenção especial às meninas, meninas e mulheres.

O Instituto FMA conta com a Associação Mundial das Ex-Alunas e Ex-Alunas das Filhas de Maria Auxiliadora, que faz parte da Família Salesiana desde 1988. Em 1990, assumiu oficialmente o nome de  Confederação Mundial das Ex-Alunas das Filhas de Maria Auxiliadora . 

Missão Carismática

A dimensão missionária é um elemento essencial da identidade do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA Const. 75) e se expressa, no mundo contemporâneo, na escolha da educomunicação  para viver o Sistema Preventivo, à luz da visão antropológica cristã, chamada por Deus e da fidelidade ao carisma salesiano, no estilo do  Da mihi animas cetera tolle  e de  A vós os confio  (cf. Atos  CG XXIII , n.66, 4).

Animadas pelo carisma salesiano com as especificidades do “espírito de Mornese”, as FMA têm como objetivo da missão o crescimento integral das pessoas, o acompanhamento dos jovens no caminho de amadurecimento do projeto de vida, a educação das mulheres, formação na fé e educação para a cidadania ativa, a gratuidade e a solidariedade, no estilo do Sistema Preventivo de Dom Bosco.

Entre as obras das FMA estão: Oratório-Centro Juvenil, Escolas e Centros de Formação Profissional, Instituições de Estudos Superiores, obras para crianças, adolescentes, jovens em situação difícil, Centros de Espiritualidade, Centros de Promoção da Mulher, Internacional Associação de Voluntários para o  Desenvolvimento da Educação Feminina  (VIDES), Escritório de Direitos Humanos (IIMA – Suíça).

Estas obras são animadas por  Comunidades Educativas  movidas pelo ardor do da  mihi animas cetera tolle  e “A vós os confio”, com sensibilidade feminina, inspirada no carisma do Instituto aberto à colaboração com as famílias, com as instituições, com os leigos e leigos que compartilham a mesma missão com eles. Em sintonia com o coração dos jovens, escutam para discernir “outros lugares” nos quais viver a lógica evangélica do dom e da fraternidade; eles se deixam questionar por todas as periferias humanas, com particular atenção à situação dos jovens e das mulheres jovens; da mobilidade humana, do cuidado com o lar comum, dos ambientes digitais, da busca por uma paz justa e segura.

As comunidades educativas multifacetadas, « fundadas na presença de Cristo ressuscitado e alimentadas por ele, palavra e pão » (Const. FMA, N 49), vivem a missão partilhada que é a participação no mesmo carisma como dom da Espírito Santo para o presente e para o futuro em que os leigos e os jovens da Família Salesiana são “parte ativa, consciente e responsável da missão da Igreja ” (Exortação Apostólica Pós-Sinodal  Christifideles Laici , 1988, n. 3).

Fonte: Portal das FMA

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Posts Relacionados

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.