Projeto Animação Vocacional

Projeto Animação Vocacional

É preciso rezar e trabalhar para conscientizar todos os cristãos de que a vida não é um acaso, mas um projeto a ser desenvolvido ao longo da existência. Isto requer uma nova mentalidade.

O Papa João Paulo II, em 1994, ao enviar a mensagem no Dia Mundial de Oração pelas Vocações se referiu à urgente necessidade de uma cultura vocacional, quer dizer, passar de um trabalho artesanal de pastoral vocacional para uma ação que penetrasse a vida de todos os cristãos, que favorecesse repensar a vida como serviço e que levasse as comunidades a desenvolver um processo educativo vocacional.

É preciso rezar e trabalhar para conscientizar todos os cristãos de que a vida não é um acaso, mas um projeto a ser desenvolvido ao longo da existência. Isto requer uma nova mentalidade que desperte não apenas para a vocação específica (presbiteral, religiosa), mas que abra horizontes de missão para compreender que o ato de fé não é uma lógica meramente racional e espontânea, mas insere a pessoa em uma realidade de serviço e generosidade à plena gratuidade de Deus. (Boletim Salesiano)

Justificativa: Papa Francisco apresenta algumas convicções sobre a pastoral, aqui acenadas suscintamente. A primeira: falar de pastoral vocacional é afirmar que toda ação pastoral da Igreja é orientada, por sua própria natureza, ao discernimento vocacional, enquanto seu objetivo último é ajudar o fiel a descobrir o caminho concreto para realizar o projeto de vida ao qual Deus o chama. “O serviço vocacional deve ser visto como a alma de toda a evangelização e de toda a pastoral da Igreja”, afirma o Papa.

Uma segunda convicção é que a pastoral vocacional deve ter seu “húmus” mais adequado na pastoral da juventude. Pastoral juvenil e pastoral vocacional devem caminhar de mãos dadas. “A pastoral vocacional se apoia, surge e se desenvolve na pastoral juvenil”, acrescenta.

Uma terceira convicção é: a oração deve ocupar um lugar muito importante na pastoral vocacional. O Senhor diz isso muito claramente, recorda Francisco: “Pedi ao Senhor da messe que mande operários para trabalhar na sua messe” (Mt 9,38).

Alguns desafios

O Pontífice apresenta alguns desafios que considera importantes. Um primeiro é o da confiança. “Confiança nos jovens e confiança no Senhor”. Confiança nos jovens, porque há muitos jovens que, mesmo pertencendo à geração “selfie” ou a esta cultura que, mais que “fluida” parece “gasosa”, buscam um sentido pleno para a sua vida, mesmo se nem sempre o procuram onde podem encontrar.

Outro desafio, apresentado pelo Santo Padre, é a lucidez. “É necessário ter um olhar perspicaz e, ao mesmo tempo, um olhar de fé sobre o mundo, e em particular sobre o mundo dos jovens.”

Um último desafio acenado é a convicção. Francisco afirma que “para propor hoje a um jovem o ‘vem e segue-me’ (Jo1,39) é preciso audácia evangélica; “a convicção de que o seguimento a Cristo também, na vida consagrada, vale a pena, e que a doação total de si à causa do Evangelho é algo belo e maravilhoso que pode dar um sentido a toda uma vida”.

O jovem de hoje não escuta tanto os mestres, escuta as testemunhas.

Francisco conclui afirmando que duas coisas lhe parecem claras no tema da pastoral vocacional e da vida consagrada: “A primeira é que não existem respostas mágicas e a segunda é que se está pedindo à vida consagrada, como de resto a toda a Igreja, uma verdadeira ‘conversão pastoral’, não só de linguagem, mas também de estilo de vida, se quiser conectar-se com os jovens para propor-lhes um caminho de fé e fazer-lhes uma proposta vocacional”.

 Objetivo

Cada comunidade, “cultive” uma jovem vocacionada, com cuidado e acompanhamento. Participe, sempre que possível, da Pastoral Vocacional da própria Diocese e Paróquia, promovendo encontros e acolhendo as jovens interessadas.

 

  1. Objetivos específicos:

 

  • Inserção na Pastoral Vocacional Diocesana;
  • Acompanhamento das jovens vocacionadas no Local (obra ou paróquia);
  • Participação das Convivências Vocacionais;
  • Páscoa Juvenil
  • Retiro Bíblico
  • Jovens atuantes no campo Vides sejam despertados para um voluntariado fecundo e gerador de vocações, em especial a vocação salesiana.
  • Convivência de jovens com as comunidades religiosas em finais de semana e/ou feriados ou participação em oratório ajudando-a no seu despertar vocacional;
  • Participação em Feiras Vocacionais, Tendas Vocacionais e encontros promovidos por dioceses, paróquias com objetivo de aproximar jovens interessadas em nos conhecer e ao Carisma Salesiano;
  • Utilização sistematizada pensada na equipe com forma, metodologia e conteúdo de postagem e conversa de acompanhamento, com utilização dos canais oficiais de comunicação – fanpage, insta, e-mail, site da Inspetoria…

 

Definição do projeto:       O Projeto “Cultura vocacional” com seus vários objetivos específicos servirá à equipe de SAV e comunidades religiosas para:

 

  • Apresentação e conhecimento do Carisma Salesiano e da alegria em ser salesiana por meio do testemunho vivenciado entre as jovens vocacionadas que estão sendo acompanhadas ou que tenham contato com as Imãs nas Paróquias, Dioceses ou na convivência com a Comunidade Religiosa Salesiana.
  • Empenho em cultivar possíveis jovens vocacionadas/os à vida religiosa salesiana nos ajudará no processo de criar a cultura vocacional em cada comunidade religiosa.
  • Conscientização que animação vocacional é empenho e responsabilidade de toda a comunidade religiosa e educativa.

 

Irmãs responsáveis pela Animação Vocacional Local:

 

1 – Residência Margarida Maria Alves (Americana):

Ir. Maria Tavares | Celular: (11) 9.4811-5205 | E-mail: irtavares@salesianas.com.br

 

2 – Institutos Nossa Senhora Auxiliadora e Osaf (Araras):

Ir. Zilá Maria de Godói | Celular: (19) 9 9532-5994 | E-mail: irzila@salesianas.com.br

 

3 – Institutos Nossa Senhora do Carmo (Guará):  

Ir. Fabiana FLorencio Cavalcante | Celular: (12) 9.9656-4381 | E-mail: irfabiana@salesianas.com.br

 

4 –  Recanto da Cruz Grande (Itapevi):

Ir. Iolanda Pilotto | Celular: (11) 9 9485-9647 | E-mail: iriolanda@salesianas.com.br

 

5 – Casa Maria Auxiliadora (Lorena):

Ir. Elza Aparecida Rodrigues | E-mail: irelza@salesianas.com.br

 

6 – Instituto Santa Teresa  (Lorena):

Ir. Maria Aparecida Sartorelli | Celular: (12) 9 9726-0481 | E-mail: irsartorelli@salesianas.com.br

 

7 – Colégio N. Senhora Auxiliadora e Diocese (Rib. Preto):

Ir. Monaliza Machado Bernardino | Celular: (12) 9 9711-1025 | E-mail: irmonaliza@salesianas.com.br

 

8 – Instituto Coração de Jesus (Santo André):

Ir. Flávia Maria G. Monteiro | Celular: (11) 9 7503-8248 | E-mail: irflavia@salesianas.com.br

 

9 – Instituto São José e Diocese (São José dos Campos ):  

Ir. Aline de Oliv. Leite | Celular: (12) 99617 6506 | E-mail: iralineleite@salesianas.com.br

 

10 – Magnificat (São José dos Campos):

Ir. Alice de Souza Santanna | Celular: (12) 9 9605-3490 | E-mail: santannairalice@gmail.com

 

11 – Casa Mornese (São José dos Campos):  

Ir Nilza Fátima de Moraes | Celular: (12) 9 9766-1324 |Email: irnilza@salesianas.com.br

Ir. Márcia Mucci e Comunidade | Celular: (11) 9 4814-4662 | E-mail: irmarcia@salesianas.com.br

 

12 – Colégio de Santa Inês (São Paulo) 

Ir. Maria Auxiliadora V. Grande | Celular: (11) 9 9860-6869 | E-mail: iravasallo@salesianas.com.br

 

13 –Inst. Nossa Senhora Auxiliadora (Belém):

Ir.  Huimin Chen | E-mail: irhuiminchen@salesianas.com.br

 

14 – Instituto Madre Mazzarello (São Paulo):

Ir.  Gisele Rodrigues Coelho | Celular: (11) 9 9540-6531 | E-mail: ir.gisele@gmail.com

 

15 – Noviciado N. Senhora das Graças (São Paulo):

Celene Couto Rodrigues (Nov.) e Comunidade | E-mail: ccouto.rodriguez@gmail.com

 

16 – Unifatea (Lorena):

Ir. Silvana Soares | Celular: (12) 9 8257-6925 | E-mail: ssoaresfma@hotmail.com

 

17 – Santa Luzia – SDB (São Paulo):

Ir. M. das Graças Rodrigues | Celular: (11) 9 5782-8032 | E-mail: irgracarodrigues@salesianas.com.br

 

18 – Casa Eusébia Palomino (Itaquera):

Ir. Ana Alzira Fogaça | Celular: (11) 9 9378-3401 | E-mail: anaalzira@salesianas.com.br

 

19 – Diocese de Aparecida e Obras Sociais:

Ir. Ana Luiza Medeiros | Celular: (12) 9 9760-0109 | E-mail:  ir.analuiza@salesianas.com.br

 

20 – Diocese de Araras e INSA:

Ir. Metka Kastelic | Celular: (12) 9 9630-1027 | E-mail:  ir.metka@salesianas.com.br

 

21 – Diocese de Lorena:

Ir. Ivone Braga de Rezende | Celular: (11) 9 9362-2418 | E-mail:  ivrez06@salesianas.com.br

 


Uma Resposta

  1. Maria Bernardina Gonçalves disse:

    “Basta-me saber que sois jovens para que vos ame profundamente”. São João Bosco
    Ao olhar para este artigo, logo me veio, na memoria, a lembrança desta frase de Dom Bosco. Ao mesmo tempo, meu coração alegrou-se ao perceber todas essas Irmãs Salesianas que deram o seu nome e estão disponíveis para Escutar e Acompanhar, cada um de vocês, nas Obras Sociais, nas Escolas, na Unifateia, Dioceses, Paróquias, nos Oratórios… Tudo isso porque nós; FMA, acreditamos que Vocação acertada é vida feliz! Ir. M. Bernardina Gonçalves.

Deixe uma resposta