Menu Principal

BLOG

IMA de Rio do Sul apresenta projetos em Feira Regional de Matemática e Ciências

Projetos de pesquisa inovadores, aplicados na prática e com relevância social. Foi isso que se viu na 24ª Feira Regional de Matemática e 13ª Feira Regional de Ciências e Tecnologia, realizada em Rio do Oeste (SC), no dia 19 de agosto.

O Instituto Maria Auxiliara – IMA, de Rio do Sul (SC), foi a escola privada que teve o maior número de projetos selecionados para a Feira. Confira os cinco trabalhos:

  • Cabe mais ou cabe menos? Atitudes que mudam o mundo. Expositoras: Alice e Mariah, do 1º ano. Orientadora: professora Elaine.
  • O nosso pão de cada dia. Expositores: Arthur e Vitor, alunos do 5º ano. Orientadora: professora Raquel.
  • Vendo por outro ângulo. Expositores: Pietra e Raul, alunos do 7º ano. Orientadora: professora Lizian.
  • Um universo de probabilidades. Expositoras: Eduarda e Maria Eduarda, alunas do 9º ano. Orientadora: professora Lizian.
  • Explorando o carro elétrico. Expositores: Kauan e Yasmin, alunos da 2ª Série do Ensino Médio. Orientadora: professora Suelen.

De acordo com Leonir, professora e avaliadora dos trabalhos, a qualidade das pesquisas e a desenvoltura dos alunos do IMA chamaram muito a atenção do público. “Os alunos vieram com o propósito de mostrar tudo o que aprenderam e não apenas com a intenção de ganhar uma Feira. São projetos que trabalham os conceitos matemáticos com aplicação no dia a dia das pessoas. Todos eles apresentaram relação com sustentabilidade, com os cuidados com o meio ambiente, com os valores salesianos, que estão fortemente conectados com a encíclica Laudato Si’, escrita pelo Papa Francisco. Isso sem falar nas reflexões que esses projetos proporcionaram sobre como nossas pequenas atitudes podem contribuir para reduzir desperdícios e melhorar a vida de todos, formando cidadãos mais conscientes”.

Na visão da coordenadora pedagógica Angela, participar de uma Feira como esta deixa evidente aos alunos que a Matemática é uma área de conhecimento muito ampla, que não envolve apenas cálculos, mas que está inserida no nosso dia a dia em situações que muitas vezes não nos damos conta. Essa experiência é excelente para expandir a percepção dos alunos e encantá-los com o estudo do componente curricular.

Já a professora Lizian, que orientou dois projetos expostos na Feira, destaca a disposição, a motivação e a força de vontade dos alunos em preparar seus projetos e participar da Feira. “Os estandes foram muito bem montados, com conteúdos relevantes e apresentações claras. Os alunos conseguiram reproduzir muito bem tudo aquilo que estudamos em sala de aula”.

Suelen, professora que orientou o projeto elaborado pelos alunos do Ensino Médio, destacou a oportunidade que os estudantes tiveram de relacionar os diferentes conteúdos em torno de problemas ou hipóteses, buscando a construção do conhecimento. “O trabalho contribuiu muito no desenvolvimento pessoal e acadêmico pois permitiu despertar o interesse pelos estudos e aprendizados com sentido e significado”.   

Foi muito bonito ver a dedicação e o comprometimento dos alunos do IMA com as apresentações. Todos estão de parabéns pelas etapas que trilharam até agora. Em breve, a organização divulgará os projetos que representarão a região na Feira Estadual. É claro que todos vão ficar na torcida!

Fonte: Comunicação IMA

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Posts Relacionados

Se Dom Bosco vivesse hoje…

Fui provocado a refletir sobre uma utopia em tempos de apagão das luzes. Pensar Dom Bosco atuando hoje nas realidades complexas das grandes cidades com

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.