Menu Principal

BLOG

5º Encontro do Projeto de Fortalecimento de Capacidades da América Social Salesiana

De 3 a 7 de fevereiro de 2020, foi realizado, em Medellin/Colômbia, o 5º e último encontro da primeira fase do Projeto das Oficinas de Planejamento e Desenvolvimento (OPDs) e Oficinas dos Centros de Formação Profissional (CFPs) da América Latina. O projeto, fruto de muitas mãos, é liderado pela ONG Don Bosco Mondo da Alemanha, em coordenação com o Escritório Boliviano de Planejamento e Desenvolvimento (OPD) OFPROBOL e é financiado pelo Ministério Alemão de Cooperação para o Desenvolvimento (BMZ).

Participaram 80 representantes, entre gestores, leigos e salesianos de 23 Províncias Salesianas (18 SDB e 5 FMA) de 17 países: República Dominicana, Argentina, Bolívia, Brasil, El Salvador, Costa Rica, Nicarágua, Honduras, Chile, Colômbia, Equador, Haiti, México, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. Também participaram representantes das ONGs Don Bosco Mondo (Alemanha), VIA Don Bosco (Bélgica), VIS (Itália) e Juventude e Desenvolvimento (JyD).
O Brasil foi representado por quatro inspetorias. Da Inspetoria Santa Catarina de Sena, das Filhas de Maria Auxiliadora, participaram: Irmã Ana Luiza Medeiros, Irmã Celene Couto e Rosemeire Gomes, gestora de projetos sociais da inspetoria e animadora do Polo São Paulo da Rede Salesiana de Ação Social.
Também estiveram representadas as inspetorias dos salesianos: Nossa Senhora Auxiliadora, representada por Padre Rosalvino, Ana Lúcia Batista, e Julia de Paolis, responsável pela Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento. Inspetoria São João Bosco/BH, com a participação de Karina Bolzam, e, Inspetoria São Domingos Sávio/Manaus, com as presenças de Padre Rypel e Padre Slawomir.
O projeto tem como objetivo fortalecimento de OPDs e CFPs, por meio de aprendizado mútuo, e em rede afim de que se formem multiplicadores para as realidades em que as obras estão presentes. Assim, podemos melhor atender às necessidades dos beneficiários preferenciais e diretos de nossas atividades, incluindo jovens, homens e mulheres vulneráveis, em risco de exclusão social e econômica, com ênfase na formação técnica e profissional.
Durante este encontro, as OPDs trabalharam no levantamento e avaliação dos indicadores do Projeto de Fortalecimento de Capacidades visando a elaboração de uma segunda fase do projeto.
Os CFPs aprofundaram a gestão dos centros de formação técnica e foi conduzida por uma equipe de facilitadores formada por três países da América Salesiana: Brasil, Peru e Colômbia. Vale ressaltar, que Cristiane Vitale, diretora executiva da Obra Social Dom Bosco, participou de toda a concepção e elaboração da oficina, mas, por motivos pessoais não pode estar presente.
A equipe brasileira, mostrou a força da Rede e do polo São Paulo, com muito empenho e corresponsabilidade assumiu inteiramente a parte que seria conduzida pela Cristiane, que se fez presente por meio de um vídeo, utilizado na abertura, que emocionou a todos.
Padre Rosalvino, Ana Lúcia e Irmã Celene foram os facilitadores dos temas: Direção estratégica e organização dos centros de formação técnica e Administração do talento organizacional e a dimensão Pedagógica pastoral tendo por embasamento o Sistema Preventivo Salesiano de Dom Bosco e Madre Mazzarello.
O Peru e a Colômbia, conduziram as temáticas da gestão de avaliação e os indicadores de qualidade para os centros de formação salesianos da América Latina.
No terceiro dia, Rosemeire Gomes e Ana Lucia, animadoras do Polo São Paulo, trabalharam a temática do Sistema de Gestão de Obras Sociais. Apresentaram o SIGAR, ferramenta de gestão e animação de projetos sociais desenvolvida pela Rede Salesiana de Ação Social do Brasil.
Como previsto no projeto inicial, foi desenvolvido um exercício conduzido por avaliadores externos, com o objetivo de perceber os passos dados, aspectos positivos e os a melhorar, e, os frutos desse trabalho em rede que já podem ser percebidos. Tudo isso para fortalecer ainda mais o trabalho em rede entre OPDs e CFPs.
No último dia, visitamos a Cidade Dom Bosco, obra dos salesianos de Medellin que acolhem crianças, adolescentes e jovens resgatados de diversas situações de alto risco, mas, sobretudo das guerrilhas. Ali, vivem e recebem uma formação técnica, humana e social. E, o mais importante, são muito felizes!

Retornamos trazendo na bagagem um coração agradecido a Deus pelas experiências vividas e compartilhadas na certeza de que pertencemos a uma família, que a exemplo de seu pai fundador, pelos jovens estudamos, trabalhamos e somos capazes de doar a vida afim de que todos tenham vida e vida em abundância.

Equipe Participante

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Posts Relacionados

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.